Guia Caminhos para a SUPERAÇÃO: inspirações para uma escola humanizada

A FTD Educação e a Metodologia OPEE, que é pioneira na educação de competências socioemocionais, desenvolveram um material especial para contribuir com a retomada dos profissionais de educação às aulas presenciais.

O Guia Caminhos para a SUPERAÇÃO: inspirações para uma escola humanizada é um material que tem como finalidade inspirar toda comunidade escolar a praticar valores humanos claros e atitudes auto-responsáveis!

A OPEE, há quase 20 anos trabalhando com competências socioemocionais, sabe que essa fase está sendo marcada por novas fontes de informação e novas tecnologias, que mudaram a forma como vivemos e convivemos. Agora, mais do que nunca, o fortalecimento dessa temática será fundamental para a formação de melhores seres humanos para o mundo.

Clique aqui para acessar!

Cultura da Paz

Somos impactados por aquilo que vemos, ouvimos e vivemos, sejam situações alegres ou negativas. Não estamos imunes ao mundo que nos cerca e isso significa a possibilidade que temos de nos indignar, entristecer, agir, transformar.

Sabemos que não temos controle sobre muitos dos acontecimentos da vida, mas é possível buscar algum controle sobre aquilo que absorvemos e assimilamos. A ideia de Viktor Frankl, de que nosso poder de escolha, mesmo que limitado, é o que nos direciona rumo à pessoa que queremos ser, pode nos auxiliar a lidar com os acontecimentos atuais. Segundo ele, se não podemos mudar a realidade ou o contexto ao nosso redor, ainda assim, em última medida, podemos mudar nossa forma de lidar com aquilo que nos impacta.

Há situações extremas de sofrimento, como por exemplo, campos de concentração, situações de guerra, mortes violentas por motivos torpes, por intolerância, pelo ímpeto de aniquilar a vida alheia, como infelizmente poderíamos exemplificar com notícias que vemos relatadas.

O sentido que se dá após esses acontecimentos, a narrativa construída sobre como isso afeta cada um, individualmente, e também como afeta coletivamente os envolvidos e aqueles que testemunham uma catástrofe ou mesmo um acontecimento provocado pelo ser humano, é que vai permitir essa tênue possibilidade de cada um lidar com aquilo que ocorreu. Esse não é um trabalho apenas individual, mas também coletivo, pois as formas de enfrentamento envolvem recursos psíquicos, sociais, materiais, de colaboração e muitos outros.

Levando isso em conta, podemos refletir como nós educadores e familiares temos lidado com o que a vida apresenta para nós, sejam os acontecimentos aparentemente distantes, ou mesmo aqueles que nos afetam diretamente, como por exemplo, a perda de um ente querido durante a pandemia de COVID-19 e, além disso, sem poder concretizar os rituais que fazem parte do processo de luto.

É importante também nos questionar: como podemos ser um exemplo e uma inspiração para estimular o engajamento de crianças e jovens em atitudes solidárias, conjuntas e que promovam a superação, uma cultura de paz e a construção de sentidos? Em casa e na escola, podemos praticar ações, tais como:

  • conversar e promover uma abertura para o diálogo. Pode parecer simples, mas o contrário disso, um ambiente de silenciamento ou de invisibilidade não favorece o desenvolvimento do autoconhecimento, da empatia, da colaboração e de outros fatores que ajudam na elaboração do que nos afeta. Por exemplo: apresentar um assunto, fazer perguntas sobre o que cada um pensa ou sente, acolher o que cada um apresenta.
  • contar histórias, ler histórias, inventar histórias. Tudo isso estimula a proximidade, o compartilhamento de ideias, a imaginação, a criatividade, o mundo simbólico.
  • brincar, sozinhos ou em grupo. Sejam brincadeiras de interação, introspecção, de movimento corporal, enfim, o objetivo é ter momentos de bem-estar e leveza sem necessariamente uma finalidade específica, apenas estar junto ou se divertir por um instante.
  • estar ao lado, e não fazer pelos outros. Permitir que cada um se responsabilize, dentro de suas capacidades e possibilidades, estando ao lado, é essencial para a construção da autonomia e da autoconfiança. Por exemplo, não querer aliviar a todo custo sentimentos incômodos que crianças e jovens relatam, mas entender como isso faz parte da vida e como podem ser importantes para nos indicar como estamos.
  • cultivar ações cotidianas que podem fazer alguma diferença. Gestos aparentemente triviais nos lembram de que nossas ações têm consequências e de que podemos fazer algo de positivo. Por exemplo, cozinhar juntos e produzir uma comida ou sobremesa gostosa, cheirosa; tratar as pessoas ao nosso redor com delicadeza e apreço; ajudar alguém.

A cultura da paz, do diálogo, da solidariedade se fortalece no dia a dia, não em uma ação única e isolada. A cultura da paz não se revela apenas diante da violência e do confronto, mas nos acontecimentos cotidianos, muitos dos quais nos convocam a responder: o que posso fazer diante disso? Qual o sentido desses acontecimentos em minha vida? E a cada nova resposta, vamos ensaiando acertos, fracassos e novas tentativas de viver melhor.

Texto: Mariana Gonçalo | Foto: Deposiphotos

1º Encontro Nacional OPEE 2022 para Educadores e Famílias

No 1º Encontro Nacional OPEE 2022 vamos unir EDUCADORES e FAMÍLIAS em um grande laboratório de práticas com 5 salas temáticas, onde Pais, Mães, Famílias, Responsáveis e Educadores poderão interagir com Especialistas sobre diversos temas que contemplarão o cuidado com a saúde física, emocional e financeira, destacando os efeitos positivos de uma boa parceria família-escola.


1º ENCONTRO NACIONAL OPEE 2022

“Família e Escola unidas pela Saúde Mental – os cuidados essenciais das crianças, dos jovens e dos adultos”

26 de março de 2022 – das 9h às 12h (horário do Brasília)

Evento on-line

Faça agora sua inscrição: http://ftd.com.br/encontronacionalopee2022

Confira a programação do evento:
  • 9h – 9h20 – Plenária – Abertura
  • 9h20 – 10h20 – Plenária – Palestra Magna com Prof. Leo Fraiman
  • 10h20 – 11h – Plenária – Momento interativo com Ivaldo Bertazzo
  • 11h às 11h50  – Workshops nas respectivas salas temáticas

CONFIRA abaixo o conteúdo de apresentação de cada uma das 5 SALAS TEMÁTICAS e escolha qual WORKSHOP você irá participar.

Atenção Escolas: estimulem seus professores a participarem de workshops diferentes para que depois possam ser multiplicadores do conteúdo.

 

  • Sala 1 – Escola de Pais do Brasil – “Pais, mães e agentes educadores: competências para a educação socioemocional dos filhos”


Ministrada por:
Marlene de Fátima Merege Pereira

Uma reflexão sobre a parentalidade responsável; a importância das habilidades socioemocionais na formação da personalidade e do caráter e as competências que contribuem para uma educação socioemocional dos filhos. Uma abordagem do tema associado à autoanálise de nossas ações em prol do desenvolvimento socioemocional dos filhos.

 

 

  • Sala 2 – Escola de Pais do Brasil – “A educação do nascimento à puberdade: desenvolvimento da autonomia e autoestima”

Ministrada por: Antônio Sérgio Araújo 

A educação da infância à puberdade é uma responsabilidade direta dos pais.
É neste período que se constroem a autonomia e a autoestima. Os filhos precisam de pais que saibam dar as orientações adequadas para esse fim, o que exige tempo, dedicação e muito amor.  Ao agirem assim, ensinarão os filhos a terem limites, superarem o medo, lidarem com o ciúme, evitarem mentiras e até mesmo as birras. Isso tornará crianças e adolescentes em adultos mais responsáveis e emocionalmente equilibrados.

 

  • Sala 3 – Como (re)conectar nossas relações e sensações colocando as novas tecnologias no lugar que devem ficar

Ministrada por: Dra. Alessandra Borelli

Será que os bebês acham que as pessoas nascem com máscaras? Ou que assim como as calças, representam parte do vestuário? E nossas crianças, nossos adolescentes … que experiências deixaram de viver, toques e olhares deixaram de sentir? E todos nós, o que reconhecemos, finalmente, não ser possível qualquer tecnologia substituir? Neste encontro serão apresentados alguns casos (jurídicos e quase jurídicos) que a Dra. Alessandra Borelli acompanhou nos últimos 2 anos e a evidente relação de muitos deles com a utilização disfuncional e doentia do ser humano com os avanços tecnológicos.

 

  • Sala 4 – Oficina das Finanças – “6 práticas financeiras que todos deveriam aprender na escola”

Ministrada por: Carolina Ligock e Leonardo Silva

Neste workshop você vai aprender 6 práticas que já vêm sendo aplicadas por milhares de pessoas desde 2008 e que ajudarão você a ter dinheiro suficiente hoje e no futuro. Tomar boas decisões financeiras melhora a vida de qualquer pessoa, independentemente da faixa de renda. O dinheiro é necessário em várias áreas e pode ser dominado a partir de alguns comportamentos. Participe e transforme para melhor a sua vida financeira!

 

 

  • Sala 5 – “PROJETO DE VIDA EM FAMÍLIA: Corpo e Mente: unidade essencial”

Ministrada por: Leo Fraiman

Nos últimos anos temos percebido com mais intensidade a importância de um equilíbrio em nossas vidas, tanto nas áreas em que desempenhamos os mais diversos papéis (vida profissional, pessoal, saúde, financeira, entre outras), como também uma conexão entre mente e corpo. Neste workshop vamos conversar sobre tudo isso, como podemos promover a saúde física e mental, uma vez que formam uma unidade essencial e que quando bem cuidada, podemos viver uma vida mais bem realizada.

 

 

1º. ENCONTRO NACIONAL OPEE 2022: ESCOLHA SEU WORKSHOP E PARTICIPE!

FAÇA AGORA A SUA INSCRIÇÃO:


Aponte a câmera do celular para o QR code para ser direcionado à plataforma do evento

ou acesse o link: http://ftd.com.br/encontronacionalopee2022

Estudos da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) sobre competências

Competências para o progresso social
O poder das competências socioemocionais 

 Este relatório apresenta a síntese do trabalho analítico da OCDE sobre o papel das competências socioemocionais e propõe estratégias para desenvolvê-las. Analisa, ainda, os efeitos das competências sobre diversos indicadores de bem-estar individual e progresso social, cobrindo aspectos de nossas vidas tão diferentes quanto educação, desempenho no mercado de trabalho, saúde, vida familiar, engajamento cívico e satisfação com a vida. Também discute como legisladores, escolas e famílias facilitam o desenvolvimento de competências socioemocionais mediante programas de intervenção, ensino e criação. Ele não apenas identifica perspectivas promissoras para fomentar as competências socioemocionais, com também mostra que essas competências podem ser mensuradas de forma significativa dentro de limites culturais e linguísticos.

Conteúdo

Sumário executivo

Capítulo 1. O papel da educação e das competências no mundo atual

Capítulo 2. Contextos de aprendizagem, competências e progresso social: uma estrutura conceitual

Capítulo 3. Competências que promovem o sucesso por toda a vida

Capítulo 4. Contextos de aprendizagem que promovem a formação de competências

Capítulo 5. Políticas, práticas e avaliações que ampliam as competências socioemocionais

Capítulo 6. Como fomentar competências socioemocionais?


Confira o documento completo:

Projeto de Vida na Educação Infantil

Promover o desenvolvimento integral do aluno tornou-se uma das grandes missões da escola. As dimensões intelectuais, físicas, sociais, emocionais e culturais se conectam e constituem sujeitos singulares, que por sua vez, precisam desenvolver todos esses aspectos para construir Projetos de Vida conscientes, autênticos e felizes.

Leo Fraiman, psicoterapeuta e autor da Metodologia OPEE, se dedica a temática de Projeto de Vida há 20 anos e é referência ao falar sobre bases importantes para essa construção desde a Educação Infantil até o Ensino Médio.

Pensamentos, sentimentos e ações conduzidos por um fio condutor – um Projeto de Vida – ajudam alunos a alcançar sua melhor versão para fazerem a diferença no mundo, e esse movimento deve iniciar-se desde os primeiros anos da vida escolar da criança.

BNCC e OPEE

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento que define os parâmetros para o desenvolvimento do currículo de cada instituição, legitima a importância da construção de um Projeto de Vida. Dentre as 10 Competências Gerais que devem ser desenvolvidas ao longo de toda a Educação Básica, a sexta competência revela a importância de entender as relações que permeiam o mundo do trabalho e seus impactos na sociedade. Mas além disso, estabelece a urgência em desenvolver no aluno a capacidade de fazer escolhas pautadas em seu Projeto de Vida, de forma responsável e consciente.

Para que o estudante consiga desenvolver essa competência, ele precisará de proposições que estimulem o autoconhecimento para compreender seu projeto de vida e a partir daí organizar suas metas e objetivos, se planejar, ter autoconfiança e determinação. Isso é gerir a própria vida, pegar a vida com as mãos e se comprometer a dar o seu melhor.

Desde a etapa da Educação Infantil, a criança deve começar a desenvolver as bases fundamentais para essa construção. Em seus primeiros anos de vida, ela aprende e constrói seus vínculos afetivos iniciais, geralmente com seus familiares, mas é ao ingressar na escola que todo o aprendizado e socialização se estruturam por meio de propostas pedagógicas com objetivos claros.

A constituição de competências cognitivas e socioemocionais, essenciais para a construção de um Projeto de Vida, será a partir de propostas com intencionalidade educativa, ou seja, o professor/ mediador levará em consideração todos os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento a serem alcançados, valorizando as especificidades de cada criança.

Aprender a nomear e lidar com seus sentimentos, conviver de maneira agradável com as pessoas e entender a importância dos valores humanos são habilidades que podem ser desenvolvidas desde cedo.

O educador e pesquisador José Moran, fala sobre a importância de construirmos projetos de vida na educação:

“O projeto de vida bem desenhado é do interesse de todos, porque nos ajuda a propor perguntas fundamentais, a buscar as respostas possíveis, a fazer escolhas difíceis e a avaliar continuamente nosso percurso. Isso dará sentido e prazer ao aprender em todos os espaços e tempos e de múltiplas formas, em cada etapa da nossa vida. Muitas pessoas não desenvolvem esse autoconhecimento, a capacidade de perceber-se, avaliar-se, transformar-se. Isso pode ser ensinado em qualquer etapa da vida; quanto antes, melhor.”

O professor, sem dúvidas, é um dos recursos mais valiosos para a formação integral do aluno, que garantirá o seu direito de conviver, brincar, participar, explorar, expressar-se e conhecer-se, aspectos fundamentais na construção de um Projeto de Vida. Para estruturar este trabalho, a Metodologia OPEE está presente em turmas de Educação InfantiI de 5 anos em diversas regiões do Brasil, comprovando que falar sobre os sentimentos, convivência e valores desde cedo torna-se um grande diferencial na vida dos alunos.

E para garantir um recurso didático, que será um aliado ainda mais forte para a escola, temos uma grande novidade! A Metodologia OPEE se estenderá para os alunos da Educação Infantil a partir dos 4 anos. Em 2022, com nossa coleção “Projeto de Vida e Atitude Empreendedora” totalmente alinhada a BNCC, alunos de todo o Brasil poderão ser impactados com propostas que os desenvolvam integralmente. Confira os títulos dos módulos propostos para serem trabalhados ao longo do ano letivo:

Saiba mais sobre a nova coleção: https://www.youtube.com/watch?v=nui1tHNEAsU

E para ir além no entendimento das temáticas Projeto de Vida e Atitude Empreendedora, não deixe de conferir: https://www.opee.com.br/projeto-de-vida-e-atitude-empreendedora/

Projeto de Vida no Ensino Fundamental

Você teve a oportunidade de construir um Projeto de Vida?

Se a resposta foi “não”, o que você acha que teria sido diferente se tivesse tido esta possibilidade?

Se a resposta foi “sim”, você pode dizer que se sente realizado(a) com as suas escolhas?

O termo “Projeto de Vida” ganhou força na área da educação a partir do momento em que se tornou uma competência obrigatória da Base Nacional Comum Curricular – BNCC, porém na Metodologia OPEE, acreditamos em Projetos de Vida transformadores há mais de 20 anos!

Entendemos que a escola não é um lugar apenas para se transmitir o conhecimento formal, mas sim o espaço para olharmos para os nossos alunos levando em consideração o seu desenvolvimento físico, cognitivo e emocional. Para a OPEE, as instituições de ensino devem propor o desenvolvimento das habilidades cognitivas e não cognitivas, visando esta formação integral de crianças e jovens.

“Idealizar a própria vida é ter consciência da responsabilidade de cada um em sua atuação social,
descobrindo-se a si mesmo, aos outros e o meio em que vive. (…) à criança sempre há
possibilidades de diálogo, produção, pensamento, debate e desenvolvimento do verdadeiro
potencial humano que supera a repetição e a imitação, pois se vê capaz de:”
(BNCC)

Se nós não desejamos que os nossos alunos cheguem à vida adulta com a sensação de “tempo ou vida perdidos”, é fundamental ajudá-los a construírem seus Projetos de Vida, tornando-os agentes transformadores e protagonistas das próprias histórias.

Falar de Projeto de Vida é falar sobre o caminho entre “quem eu sou” e “quem eu desejo ser”.

Por meio de um processo bem estruturado e contemplando temas como autoconhecimento, alteridade, valores humanos, empreendedorismo, escolhas pessoais e financeiras, dentre outros, com a metodologia OPEE o aluno aprende a se conhecer melhor, identificando os seus interesses e sonhos e definindo metas e estratégias para alcançar os seus objetivos.

Segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde, o Brasil é o país mais ansioso do mundo. Um dos objetivos de se desenvolver Projetos de Vida é o de se favorecer um olhar que possa driblar a ansiedade e o temor pelo futuro, proporcionando aos nossos adolescentes uma visão ampla e segura de si mesmos, das suas escolhas e da sua maneira de lidar com o imponderável, incluindo a habilidade de superar frustações.

 

O projeto de vida nos anos iniciais.

Nesse período da vida, a criança inicia um processo cognitivo de consciência e autonomia e passa a enxergar o mundo de maneira mais sistêmica. Nesse momento é fundamental estimular a construção da identidade, o fortalecimento das relações e a visão de mundo, para que ela possa fazer escolhas mais assertivas.

O projeto de vida nos anos finais.

Esta é uma fase de grandes mudanças físicas e também dos aspectos emocional, intelectual e espiritual. Nesse momento, o Projeto de Vida deve ter ações que englobem todas estas dimensões do desenvolvimento humano, de maneira integral e integrada. É uma maneira de já preparar o aluno para a fase escolar seguinte, o Ensino Médio. Atividades sistemáticas e contínuas, darão ao estudante mais clareza e assertividade na hora de escolher, tanto no âmbito pessoal quanto profissional.

Principais benefícios do Projeto de Vida:

  • Desenvolvimento do autoconhecimento e autonomia;
  • Fortalecimento da autoestima e identidade pessoal;
  • Controle da ansiedade e do stress;
  • Escolhas profissionais e pessoais mais assertivas;
  • Elevação do nível de felicidade e satisfação;
  • Consciência humana e global;
  • Atitudes pautadas em valores humanos;

O psicólogo Viktor Frankl, em seu livro Em Busca de Sentido, nos diz: “se você não sabe qual é sua missão na vida, já tem uma: encontrá-la.”

Sendo assim, pensar o Projeto de Vida é encarar uma missão.

Desenvolver Projetos de Vida com os nossos alunos desde os Anos Iniciais possibilita que eles possam enfrentar esta convocação, construindo caminhos que os levem a viver uma vida com mais sentido, significado e felicidade.

Inclua a Feira de Profissões UNIEXPO ON-LINE como atividade complementar das aulas da Metodologia OPEE de Escolha e Orientação Profissional do Ensino Médio

A UNIEXPO ON-LINE é uma Feira de Profissões GRATUITA, realizada pela Teenager, e oferece atividades que proporcionam o contato entre os estudantes do Ensino Médio, as instituições de ensino superior e as diversas áreas de atuação profissional.

A Metodologia OPEE tem sido um ponto de grande apoio para uma multidão de jovens há 20 anos. Com este trabalho, as instituições de ensino encontram apoio pedagógico para pavimentar um caminho de possibilidades, que potencializam a parceria da sala de aula com a da sala de casa. E, justamente por valorizar, acreditar e trabalhar pelo sucesso desta parceria, que a OPEE Educação faz um convite muito especial para que sua instituição de ensino participe da UNIEXPO ON-LINE.

Nós estaremos presentes como sempre fazemos, só que desta vez queremos levar até vocês uma entrega ainda maior e, para isso, organizamos um espaço onde os jovens poderão fazer uma experiência marcante em suas vidas, neste momento delicado que é o da primeira escolha da profissão.

O time da Metodologia OPEE preparou uma sala exclusiva para as escolas parceiras, onde por meio da disponibilização de conteúdo exclusivo, vídeos, testes, palestras e muito mais conteúdos transformadores, seus alunos poderão experimentar na prática o quanto é importante poder contar com uma estrutura de credibilidade em um tempo de tantas incertezas.

Independentemente da série em que os alunos estejam no Ensino Médio, na sala exclusiva OPEE eles poderão colocar em prática os dois primeiros eixos da Metodologia OPEE:  Autoconhecimento e Inteligência Emocional e Escolhas Profissionais e Mercado de Trabalho.

Por meio de vivências práticas, poderão conferir de perto os pontos mais importantes exigidos para os profissionais do futuro, aprofundarão seus conhecimentos a respeito da importância da pesquisa das profissões e do networking, tudo somado à possibilidade de esclarecerem dúvidas e inquietações sobre os mitos do mundo do trabalho.

E além de todos esses diferenciais, serão organizados também momentos de acolhimento ao vivo, nos quais nossos profissionais se colocarão à disposição para viverem juntamente com os jovens um momento de escuta qualificada e troca de experiências. 

O que as escolas conveniadas OPEE terão como EXCLUSIVIDADE na Feira de Profissões UNIEXPO ON-LINE?

  • LINK exclusivo com conteúdo interativo, possibilitando que o aluno OPEE tenha acesso ao evento desde a sua inscrição;
  • Roteiro interativo para melhor aproveitamento da Feira de Profissões UNIEXPO ON-LINE;
  • Vídeos para cada série do Ensino Médio (1ª, 2ª e 3ª série) com dinâmicas exclusivas para potencializar a prática dos assuntos abordados nas aulas OPEE;
  • Dicas OPEE para melhor desempenho em provas e vestibulares;
  • Uma série de vídeos sobre habilidades socioemocionais, orientação e escolha profissional;
  • Textos e atividades extras sobre orientação e escolha profissional;
  • Acesso direto ao SOP – teste de escolha profissional;
  • Espaço para envio de comentários, dúvidas e sugestões.

Por que minha escola deve participar da Feira de Profissões UNIEXPO ON-LINE?

  1. Sua escola poderá inserir a programação da Feira de Profissões UNIEXPO ON-LINE em seu planejamento pedagógico e desenvolver atividades relacionadas aos temas apresentados;
  2. O evento oferece certificado de participação de acordo com o aproveitamento do estudante em diferentes salas virtuais;
  3. Sua escola poderá contabilizar os certificados como crédito para atividades complementares, relacionadas aos assuntos abordados e discutidos em sala de aula (diálogo com o material OPEE / Projeto de Vida);
  4. É uma excelente oportunidade para os estudantes conhecerem as universidades, os cursos superiores e as áreas de atuação profissional;
  5. O evento também oferece conteúdo exclusivo para Pais e Educadores, com informações relevantes sobre os aspectos envolvidos no processo de escolha da profissão na vida dos estudantes. Pesquisas realizadas pela Teenager apontam que, depois dos pais, os professores são os maiores influenciadores na escolha da profissão dos jovens. 

A quem se destina a Feira de Profissões UNIEXPO ON-LINE?

  • Alunos do Ensino Médio das escolas conveniadas OPEE;
  • Pais de alunos das escolas conveniadas OPEE;
  • Educadores das escolas conveniadas OPEE.

Confira a data da Feira de Profissões UNIEXPO ON-LINE de sua região:

  • NORTE – 19 de agosto de 2021
  • NORDESTE – 19 de agosto de 2021
  • CENTRO-OESTE – 19 de agosto de 2021
  • SUDESTE – 01 de setembro de 2021
  • SUL – 01 de setembro de 2021

JÁ INSCREVEU SUA ESCOLA?

Escreva para Equipe de Eventos OPEE (eventos@opee.com.br), solicite e preencha a ficha de participação GRATUITA para receber o kit de divulgação (com materiais de divulgação, carta convite para alunos e pais, programação detalhada e muito mais).

  • Norte, Nordeste e Centro-Oeste – início das inscrições dos alunos em 27 de julho
  • Sul e Sudeste – início das inscrições dos alunos em 12 de agosto

A Metodologia OPEE é a MELHOR e a MAIS COMPLETA opção que trabalha as competências socioemocionais, atuando no mercado educacional há 20 anos

Novidade 2022: lançamento do livro para crianças de 4 anos!

A coleção da Metodologia OPEE “Projeto de Vida e Atitude Empreendedora” tem como meta formar alunos que tenham clareza de si e dos outros, que reconheçam um modo produtivo e ético de contribuir com a sociedade, com mentalidade e atitudes sustentáveis e engajados com o propósito de tornar o mundo um lugar melhor para se viver.

“Alguns distraídos verão um livro, mas na verdade são chaves para uma vida melhor, caminhos para uma existência mais sadia, mais feliz e mais realizada”
Leo Fraiman – autor da Metodologia OPEE

Projeto de Vida e Atitude Empreendedora” é o título e o foco de toda a coleção, pois consideramos que em um mundo cada vez mais interconectado e inconstante, é preciso que a educação equipe estas crianças e jovens para encarar os crescentes desafios contemporâneos.

Como coloca Silvana Pepe, diretora da OPEE Educação: “É preciso um material que proponha o desenvolvimento de projetos de vida eficazes, objetivando a formação de indivíduos que tenham pensamentos, sentimentos e comportamentos alicerçados em valores éticos, visão de sustentabilidade e atitude de interdependência.”

Num contexto pedagógico ativo e criativo, por meio de atividades individuais e coletivas, a coleção “Projeto de Vida e Atitude Empreendedora” aborda as temáticas com ênfase no autoconhecimento, mundo do trabalho, escolhas e sustentabilidade.

 

Coleção totalmente renovada

Em 2022, a Metodologia OPEE traz o novo livro de 4 anos da Educação Infantil, além da reformulação do Ensino Fundamental Anos Iniciais e da Educação Infantil 5 anos, acompanhando a renovação iniciada pelo Ensino Médio em 2020 e seguida pelo Ensino Fundamental Anos Finais em 2021.

“Conseguimos algo muito importante, que é trabalhar a sensibilidade do aluno, a percepção do outro, a percepção de si mesmo, a empatia, os valores e formação de um caráter resiliente e humanitário”
Leo Fraiman – autor da Metodologia OPEE

Na Educação Infantil

A ampliação da coleção com o livro de 4 anos foi uma demanda do mercado educacional segundo Silvana Pepe, diretora da OPEE Educação: “O mundo mudou e se tornou mais exigente, competitivo, acelerado, dinâmico e nossas crianças ficaram expostas, prematuramente, a esta complexidade. Olhando para estas demandas, sentimos a necessidade de elaborar um material que as acolhessem e pudesse dar a elas o aprendizado e o desenvolvimento de competências e habilidades socioemocionais para lidarem melhor consigo mesmas, com os outros e com o mundo! Um material para formar seus projetos de vida. Tudo com muita ludicidade, algo que resgatasse a possibilidade de a criança ser criança!”

Com novas atividades lúdicas e mão na massa, a nova edição “Projeto de Vida e Atitude Empreendedora” da Educação Infantil desenvolve ainda mais as competências e habilidades estabelecidas na BNCC.

Com uma maior interação aluno-obra, uma nova seção chamada Descubra compõe todos os módulos com propostas de atividades exploratórias que auxiliam os alunos a fazerem descobertas relacionadas à temática do módulo, aproximando-a do cotidiano deles.

No Ensino Fundamental Anos Iniciais

Com visual totalmente repaginado, os novos livros trazem uma abordagem pedagógica criativa e reflexiva, com novas personagens e atividades mais lúdicas, mão na massa, além de recursos digitais, flapbook e diversidade de textos e intervenções! A proposta das novas seções é o desenvolvimento das habilidades socioemocionais, da imaginação, criatividade, engajamento e liderança.

Com atividades e propostas de dinâmicas, a nova edição “Projeto de Vida e Atitude Empreendedora” do Fundamental Anos Iniciais traz dicas sobre como praticar a paz e sobre cultura digital, além de conteúdos digitais.

Uma nova seção chamada Projeto Família em Ação compõe o final de cada módulo de todas as séries para fortalecer ainda mais a parceria casa-escola, uma vez que é realizado um projeto com os familiares sobre temáticas abordadas no curso.

Quais as novidades que os Educadores irão mais gostar?

Serão muitas novidades para os Educadores Mediadores da Metodologia OPEE!

O manual do professor é em L, com ilustração e o passo a passo detalhado das atividades; recursos digitais; vídeos e contação de histórias, animações, games, podcasts, vídeo do autor, cartonados em flap para exposição das produções dos alunos, além de indicações objetivas dos itens da BNCC, desenvolvidos por atividade!

Quais as novidades que os alunos irão mais gostar?

As crianças ficarão encantadas com as novidades da coleção “Projeto de Vida e Atitude Empreendedora” dos ciclos Fundamental Anos Iniciais e Educação Infantil.

Podemos destacar: “Momentos de Relaxar” que são sugestões de práticas de relaxamento; os Cartonados e Adesivos para atividades, jogos e brincadeiras e a seção “Divirta-se” com atividades práticas, no estilo mão na massa – um espaço de estímulo da imaginação e da criatividade.

Resumindo as novidades da Coleção Projeto de Vida e Atitude Empreendedora” Fundamental Anos Iniciais e Educação Infantil:

  1. Lançamento de livro para faixa etária de 4 anos;
  2. Projeto gráfico moderno;
  3. Releitura dos personagens;
  4. Completamente ajustada à BNCC;
  5. Conteúdo modular, vitalizado, dinâmico, interativo e desafiador;
  6. Conteúdos digitais que dialogam com o material impresso e apresentam conteúdo extra;
  7. Manual do Mediador em novos formatos: em L para a Educação Infantil e em U para os Anos Iniciais;
  8. Guia da Família com Planner impresso + infográfico interativo.

 

Muito Prazer, somos a Turma do Leo!

A Turma do Leo passou por releitura, trazendo em 2022 um visual totalmente repaginado, com traços físicos e socioemocionais diversificados, favorecendo a identificação dos alunos com as personagens.

A turminha é formada por seis amigos com características de personalidade próprios, além da diversidade física e étnica.

 

Projeto de Vida em Família 2022

Como já é tradicional e um grande diferencial da Metodologia OPEE, oferecemos para todas as famílias das escolas adotantes da Metodologia OPEE um acesso exclusivo ao material Projeto de Vida em Família.

Em 2022, o tema do material Projeto de Vida em Família é “SUPERAÇÃO E EQUILÍBRIO EMOCIONAL – competências socioemocionais na prática”. Esse importante conteúdo traz vídeos e atividades para que sejam oportunizadas a reflexão e a construção de caminhos para alcançar o equilíbrio emocional, a olhar com mais gentileza para si mesmo e a superar e enfrentar momentos delicados da vida pessoal e familiar, contribuindo, assim, para a formação integral de crianças e jovens.

A Metodologia OPEE desenvolveu esse material para que as famílias possam contar com o apoio de conhecimentos que os auxiliem e empoderem na construção de seus projetos de vida.

 

Por que a Metodologia OPEE é a melhor?

A Metodologia OPEE é pioneira na educação de competências socioemocionais e projeto de vida nas escolas.

Nossos números confirmam e reforçam nosso compromisso de auxiliar as instituições de ensino a estimularem a construção de um projeto de vida saudável e feliz para as crianças e jovens:

  • PIONEIRA na educação de competências socioemocionais no Brasil;
  • 20 ANOS inspirando alunos a voarem com seu projeto de vida;
  • Autoria do psicoterapeuta Leo Fraiman;
  • MAIS de 1 MILHÃO de alunos impactados em todo Brasil;
  • MAIS de 1.500 instituições parceiras;
  • Presente em 26 estados brasileiros e mais de 300 cidades;
  • Coleção totalmente renovada e alinhada com a BNCC.

 

Por que a Metodologia OPEE é a mais completa?

  1. Porque trabalha com todos os segmentos, dos 4 aos 18 anos;
  2. Alinhada com a concepção de educação integral dos alunos, reconhecendo e trabalhando os aspectos cognitivos, emocionais, sociais, históricos;
  3. Forma alunos que respeitam as diferenças entre as culturas, as pessoas e suas escolhas;
  4. Motiva discussões acerca de uma Educação Financeira pautada na Sustentabilidade;
  5. Projeto de vida é transformado em componente curricular nos itinerários formativos do novo Ensino Médio;
  6. Os alunos ampliam seu repertório acerca das profissões existentes e das tendências profissionais do novo século.

 

Visite o site da OPEE Educação e acompanhe nossas redes sociais! 👇

→ opee.com.br

Instagram: www.instagram.com/opee_educacao/

Facebook: www.facebook.com/opeeeducacao/

Youtube: www.youtube.com/metodologiaopee

APP Escola para Pais:

Apple Store
Apple Store
Play Store
Play Store