ALUNOS

PESQUISA DE AFINIDADE PESSOAL E PROFISSIONAL

O teste PAPP OPEE foi desenvolvido com 14 grandes áreas, dentro das quais há muitas profissões e ocupações envolvidas. Você escolhe a área e responde às perguntas relativas a ela, obtendo no final um resultado com percentuais de suas aptidões ligados a cada profissão daquela área. Ao longo do ano letivo, você pode realizar o teste em várias áreas e isso pode ajudá-lo a descobrir a profissão que mais tem a ver com você.

O teste pode ser feito tanto no computador como também em celulares. Para ser realizado em computadores, basta clicar na imagem abaixo e você já será direcionado ao teste. Para tê-lo em seu celular, é só ir à loja Google e baixar o aplicativo (por enquanto, o teste é para Android). Procure por PAPP OPEE e você irá encontrá-lo, podendo baixar gratuitamente (ou, clique aqui).

escolha

***

CONTEÚDOS INFANTO-JUVENIS PARA LEITURA E ATIVIDADES

Que tal pensarmos em fazer um mundo melhor? Então, clique abaixo e vamos construir juntos!!! Tem várias páginas com temas interessantes e, no final, você é que fará o seu capítulo dessa história, escrevendo ou desenhando a sua proposta para mudar o mundo. Vamos lá?

(Professor: o conteúdo pode ser lido tanto no computador como impresso para trabalhar com a classe)

infantocapinhsite

***

REVISTA PRIMEIRO EMPREGO

Uma revista que traz dicas importantes para se pensar em ingressar no mercado de trabalho e construir sua empregabilidade.

1EMPREGOARTEBOTAO

***

CAPA SITE 23

Escolher é um privilégio

A escolha da profissão é um dos momentos mais difíceis da vida, mas está longe de ser o único. É apenas um começo para a vida profissional e, antes de tudo, é um grande privilégio. Há muitas pessoas em todo o mundo que não têm o direito de escolher o que fazer para ganhar o próprio sustento, porque a única escolha que lhes resta é sobreviver, muitas vezes de forma muito difícil. Escolher a profissão é, portanto, uma oportunidade que deve ser valorizada, e quanto mais você buscar as respostas que têm a ver com seus talentos, mais será realizado e poderá contribuir com a construção de um mundo melhor para se viver e conviver.

Conheça-se para escolher melhor

Não é de hoje que o autoconhecimento é desafiador para a humanidade. Há mais de 2 milênios, Sócrates já nos propunha isso, ao defender a célebre frase “Conhece-te a ti mesmo”. Isso porque, segundo a filosofia socrática, ao entender mais sobre si, cada pessoa um pode fazer um exame de consciência e melhorar não apenas nos atos individuais mas também na forma como lida com o meio. Pois dois mil e tantos anos se passaram e ainda é difícil para todos nós o mergulho em nossa própria condição. Muitas vezes achamos que nos conhecemos, mas não é bem assim. Conhecer-se é um ótimo exercício para se aceitar mais, para se amar mais e para melhorar nas condutas diante das outras pessoas. É também uma ótima forma de entender melhor os próprios talentos na busca pela profissão que nos faz felizes e realizados.

Que profissão dá dinheiro?

Essa pergunta é muito comum entre os jovens que estão no momento de escolha profissional e não apenas entre eles, mas também entre muitos profissionais que estão em busca de uma mudança na carreira (afinal, a escolha profissional é algo que nos acompanha ao longo da vida, pois sempre precisamos nos aperfeiçoar, estudar mais, buscar novas especializações em assuntos diversos). Mas, será que é uma pergunta correta? Será que existem profissões que dão dinheiro, bastando escolhê-las para, de repente, ficarmos ricos? E será que o dinheiro é a única forma de medir uma boa escolha? A resposta para as duas perguntas é não! O dinheiro é uma consequência de um trabalho bem feito e, antes dele, é preciso escolher e fazer algo que lhe dê sentido. Sim, sentido! Uma profissão que preencha seus sonhos com realizações, que toque seu coração e sua mente, que lhe dê satisfação. Lembre-se: você vai, muito provavelmente, ficar mais tempo trabalhando que em sua casa, então é melhor que faça algo de que goste, e que faça bem feito, pelo seu próprio bem e pelo bem de todos que passarem por seu caminho.

Trabalhar é servir

Você já percebeu que nós nunca trabalhamos apenas para nós mesmos? Olhe à sua volta. Haveria professor sem aluno? Médico sem paciente? Advogado sem cliente? Ator sem plateia? Humorista sem alguém que ri? Cozinheiro sem alguém que saboreie seus pratos? Jornalista sem leitor? Pois é… Não há nenhuma atividade profissional que se baste em si mesma. Mesmo que se trabalhe dentro de um laboratório fechado, sozinho: o que se está fazendo ali vai servir para alguém usar, de alguma forma. Eis a magia do trabalho: trabalhar é servir. E quando servimos há um sentimento de utilidade que nos faz bem, pois estamos fazendo algo que transforma, de alguma maneira, a vida de alguém. Por isso a escolha profissional é tão importante: é sua contribuição com a história da humanidade!

Ser o melhor do mundo, é isso?

Não, não é isso! Que tal ser o melhor para o mundo? Para um mundo em que as pessoas não vençam sozinhas, mas em equipe, em sociedade, em conquistas que tornem melhor nossa vida e a do outro. O planeta já tem 7 bilhões de seres humanos. Há pouco mais de 200 anos, éramos 1 bilhão. Hoje, a superpopulação aliada ao individualismo que se observa em muitas sociedades é como uma bomba-relógio, pronta a explodir na escassez de bens naturais que tanto exploramos. Se cada ser humano quisesse consumir como consome um norte-americano, precisaríamos de 4,5 planetas Terra. Só que não temos! Então, o melhor é repensarmos nosso modo de vida. Que tal, então, descobrir no que seus talentos podem ser dirigidos para uma escolha que o torne o melhor possível PARA o mundo?

Escolha e deixe escolher

Somos todos diferentes e nossas escolhas não são melhores nem piores do que as escolhas das outras pessoas. Não existe profissão melhor ou pior, de homem ou de mulher, de novo ou de velho. Existem profissões que uns gostam mais e outros menos, e é isso que importa. Se não fosse o profissional que limpa a sala de cirurgia de forma competente, de nada adiantaria o trabalho do médico ao operar um paciente; se ninguém recolhesse nosso lixo, não conseguiríamos viver na  insalubridade de um mundo sujo. Então, toda profissão é digna, e que bom que somos todos diferentes em nossos gostos, em nossa natureza, em nossas opções. Isso vale para a profissão e para a vida como um todo. Respeitar as diferenças é uma forma de respeitar a nós mesmos!

play-1173551_1280Vídeo: Leo Fraiman, autor da Metodologia OPEE:

Como NÃO escolher a profissão

play-1173551_1280PLAYLIST play-1173551_1280

 Mitos  da Escolha Profissional

 

© 2017 OPEE | ScrollMe by AccessPress Themes